Saúde

Você ingere em média 50 mil partículas de microplástico por ano

Você ingere em média 50 mil partículas de microplástico por ano Beber água engarrafada pode fazer você ingerir mais microplástico do que se tomasse água da torneira (que, por sua vez, também possui partículas de plástico).  (Foto: Pixabay)Beber água engarrafada pode fazer você ingerir mais microplástico do que se tomasse água da torneira (que, por sua vez, também possui partículas de plástico). (Foto: Pixabay)

É possível que você não perceba, mas seu organismo ingere 50 mil partículas de plástico anualmente, em média. A mesma quantidade desses materiais é inalada durante o mesmo período de tempo. A descoberta foi realizada por pesquisadores da Colúmbia Britânica, província do Canadá, que alertam que o número de microplásticos ingeridos todos os anos pode ser ainda maior.

Os cientistas testaram alguns alimentos e bebidas para determinar a ingestão de plástico média de um ser humano. Eles analisaram dados de 26 estudos anteriores que mediam a presença de microplástico em peixes, marisco, açúcar, sal, cerveja e água, assim como no ar das cidades.

Após utilizarem guias sobre dietas do governo dos Estados Unidos, os pesquisadores conseguiram determinar quantas partículas de plástico eram ingeridas por adultos (50 mil por ano) e crianças (40 mil). Pessoas que bebem apenas água engarrafada consomem 130 mil partículas por ano, enquanto que quem bebe água de torneira ingere 4 mil partículas (a estimativa é que, em média, a água engarrafada contém 22 vezes mais microplásticos).

Leia Também:
+Microrganismo comedor de plástico é aposta para limpar os oceanos
+Abelhas estão construindo colmeias com plástico, indica estudo

Produtos que ainda não fora testados, como pão, alimentos processados, carne, laticínios e vegetais também podem carregar grandes quantidades de partículas de plástico. Embora ainda não se conheça os efeitos reais desses microplásticos na saúde humana, os pesquisadores afirmam que medidas urgentes são necessárias para reverter a situação.

“Remover o uso de plástico da sua vida e apoiar empresas que estão evitando embalagens plásticas terá um impacto não trivial. Os fatos são simples: estamos produzindo muito plástico e ele está indo para os ecossistemas, dos quais nós fazemos parte”, afirmaram os cientistas que participaram da pesquisa.

Curte o conteúdo da GALILEU? Tem mais de onde ele veio: baixe o app Globo Mais para ler reportagens exclusivas e ficar por dentro de todas as publicações da Editora Globo. Você também pode assinar a revista, a partir de R$ 4,90, e ter acesso às nossas edições.

Compartilhar Assine já!
Veja essa e outras matérias no site da Revista Galileu