Saúde

Após maratona de karaokê com notas agudas, homem sofre colapso pulmonar

Após maratona de karaokê com notas agudas, homem sofre colapso pulmonar Paciente já havia cantado 10 músicas, todas com notas agudas, quando teve sintomas de colapso pulmonar (Foto: Pixabay)Paciente já havia cantado 10 músicas, todas com notas agudas, quando teve sintomas de colapso pulmonar (Foto: Pixabay)

Na cidade de Nanchang, na China, um homem de 65 anos foi parar no hospital após uma maratona de karaokê. Segundo o noticiário local, ele já havia cantado 10 músicas seguidas, todas com notas agudas, quando começou a ter dores no peito e faltas de ar.

"Eu estava muito animado, no calor do momento, e depois de cantar algumas músicas com notas muito altas, me encontrei com dificuldades respiratórias", relatou o homem à plataforma de streaming de vídeo chinesa PearVideo.

Leia também:
+ Como a medicina genética promete revolucionar a saúde
+ Após queda, homem descobre que seu pênis está se transformando em osso

Apesar do desconforto, ele resolveu ignorar os sintomas e só foi ao hospital no dia seguinte. Após alguns exames, os profissionais da saúde diagnosticaram um colapso pulmonar devido à "alta pressão pulmonar causada pelo canto alto", relatou um dos médicos.

Essa não é a primeira vez que algo do tipo acontece. Como disponibilizado no Journal of Emergency Medicine, em 2017, uma norte-americana de 16 anos sofreu o mesmo problema depois de um show da banda One Direction quando, de acordo com o artigo, cantou e griou muito.

Segundo a The American Lung Association, um colapso pulmonar ocorre quando um furo ou perfuração no pulmão resulta em vazamento de ar pela cavidade entre o órgão e a parede torácica. Isso porque, como explicam os especialistas, o ar vazado pode acumular pressão dentro da cavidade torácica, causando os sintomas. Além disso, embora a condição seja causada na maioria das vezes por uma lesão no peito ou por uma doença pulmonar, ela também pode ocorrer sem motivo aparente.

Felizmente, o chinês está fazendo tratamento e passa bem. De qualquer forma, fica a recomendação médica para, da próxima vez em que você for cantar Boate Azul ou Dormi na Praça com os amigos, dar um intervalinho entre uma canção e outra.

Acompanha tudo da GALILEU? Agora você pode ler as edições e matérias exclusivas no Globo Mais, o app com conteúdo para todos os momentos do seu dia. Baixe agora!

Compartilhar Assine já!
Veja essa e outras matérias no site da Revista Galileu