Saúde

Saiba como assistir ao raro momento em que Mercúrio passará entre o Sol e a Terra neste dia 11

Trânsito de Mercúrio  (Foto: Hinode JAXA/NASA/PPARC)Trânsito de Mercúrio (Foto: Hinode JAXA/NASA/PPARC)

No próximo dia 11 de novembro (segunda-feira) poderemos observar no céu um trânsito planetário que acontecerá novamente só daqui a 13 anos. Mercúrio se posicionará exatamente entre o Sol e a Terra, podendo ser observado no Brasil todo.

O pequeno planeta, que é quase três vezes menor do que a Terra, só realizará esse belo espetáculo 14 vezes no século 21 — esta será a quarta vez, sendo que a última foi em 2016. Durante o trânsito, o planeta aparece sempre na forma de uma pequena mancha escura se movendo devagar pelo disco solar.

saiba mais

  • Reservas de água congelada em Mercúrio medem o dobro da área de SP
  • Novembro de 2019: os eventos astronômicos imperdíveis do mês

É possível ver essa mancha pois os planetas não giram em torno do Sol completamente alinhados: há 7 graus de inclinação entre a órbita de Mercúrio e a terrestre, o que permite avistar o balé de órbitas. Desta vez, o show dura 5h30 e será visto no mundo todo, com exceção do centro e do leste da Ásia, Japão, Indonésia e Austrália.

O trânsito de Mercúrio foi observado pela primeira vez pelo astrônomo Johannes Kepler no início do século 17. Ele acontece quando, do nosso ponto de vista, planetas mais próximos do Sol do que a Terra (Vênus ou Mercúrio) passam na frente da estrela do nosso sistema.

Quando transita pelo Sol, Mercúrio tende a diminuir a luminosidade da nossa gigantesca estrela. Nessas horas de variação da luz solar, é possível procurar outros planetas que estão fora do Sistema Solar, conhecidos como exoplanetas — o brilho do Sol pode atrapalhar a observação de alguns desses planetas distantes. Além disso, o trânsito de Mercúrio é usado por astrônomos para aprimorar modelos sobre o funcionamento do Sistema Solar.

Gráfico mostra como o brilho do Sol diminui durante o trânsito de Mercúrio (Foto: Youtube/NASA)Gráfico mostra como o brilho do Sol diminui durante o trânsito de Mercúrio (Foto: Youtube/NASA)

Como observar
Proteja a sua visão antes de assistir ao trânsito de Mercúrio, pois o brilho do Sol pode causar danos irreversíveis à retina. Devido ao seu pequeno tamanho, não se pode ver o planeta a olho nu.. Use um telescópio ou um binóculo potente — mas garanta que a sua ampliação seja de pelo menos 50 vezes.

Fique atento para o fato de que Mercúrio realizará seu show em duas partes: na primeira, que ocorre às 9h35, no horário de Brasília, a borda direita do disco escuro do planeta tocará a borda esquerda do Sol. A segunda parte ocorre às 9h37, dois minutos depois, quando Mercúrio transita pelo disco solar até atingir o ponto máximo no centro do Sol às 12h35.

saiba mais

  • NASA divulga mapa topográfico inédito de Mercúrio
  • Saiba como ver o trânsito de Mercúrio pelo Sol

A seguir, a partir das 15h02, o planeta nos dá direito a bis: novamente, ele faz os mesmos dois procedimentos, porém na ponta oposta. E haverá um bônus logo depois, com outro fenômeno da astronomia: às 23h, veremos duas chuvas de meteoros na Constelação de Touro, causadas pelo cometa 2P/Encke. O brinde terá atividade bem fraca, mas não faltará brilho nesse encerramento de um dia feliz para os amantes da astronomia.

Mercúrio é um planeta três vezes menor do que a Terra  (Foto: NASA/ Youtube)Mercúrio é um planeta três vezes menor do que a Terra (Foto: NASA/ Youtube)

Onde observar no Brasil:
Separamos abaixo alguns lugares para assistir ao trânsito de Mercúrio. Caso você não possa ir pessoalmente, também é possível acompanhar pela internet, no The Virtual Telescope Project e na NASA TV.

São Paulo – SP

Planetário do Ibirapuera
10 às 14h30
Av. Pedro Álvares Cabral, s/n – Portão 10 – Ibirapuera
Evento gratuito ao ar livre e sem necessidade de inscrições
Mais informações no Facebook

Planetário do Carmo
10 às 14h30
R. John Speers, 137 – Itaquera
Evento gratuito ao ar livre e sem necessidade de inscrições
Mais informações no Facebook

Campinas – SP

Instituto de Matemática da Unicamp
9h às 15h
Praça do Ciclo Básico I, em frente à rua Sérgio Buarque de Holanda, 651
Evento gratuito e sem necessidade de inscrições
Mais informações no Facebook ou e-mail cmartinsidelfonso@gmail.com

Parque Pico das Cabras
8h30 às 14h
Estrada do Capricórnio
R$ 10
Mais informações no site da Eventbride

Valongo – RJ
Observatório do Valongo
09h30 às 15h
Ladeira do Pedro Antônio , 43 – Saúde
Entrada Franca
Mais informações no Facebook e em no email mello@astro.ufrj.br e no telefone (21) 2263-0685, ramal 236

Rio de Janeiro – RJ

Evento do Observatório Nacional (ON) e Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST)
10h às 15h
Praia Vermelha. Próximo ao Restaurante Terra Brasilis, no Círculo Militar
Atividade gratuita
Mais informações no site do MAST

Evento do MAST e da Fundação Planetário da Cidade do Rio de Janeiro
9h30 às 15h
Morro da Urca
Ingressos comercializados pelo Bondinho Pão de Açúcar no site: https://ingressos.bondinho.com.br/
Mais informações no site do MAST

João Pessoa – PB
Associação Paraibana de Astronomia
9h às 15h30
Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes. Avenida João Cirillo da Silva, S/N – bairro do Altiplano
Gratuito
Mais informações no Facebook e no site da Associação Paraibana de Astronomia

Videira – SC
Observatório Astronômico Domingos Forlin – ODF
09h35 às 15h04
R. Brasil, 883 – Bairro Aeroporto
Gratuito
Mais informações no Facebook e e no telefone (49) 3566-7053

Veja essa e outras matérias no site da Revista Galileu